quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Broncopneumonia



            Também pode ser chamada de pneumonia lobular e este termo é usado porque o processo inflamatório respeita os limites septais,envolvendo alguns lóbulos pulmonares secundários.Ao contrário da pneumonia segmentar,a lesão ocorre inicialmente nos bronquíolos terminais e respiratórios,em vez de espaços aéreos terminais.Geralmente vários focos de infecção desenvolvem-se simultaneamente.O processo se expande para o parênquima pulmonar adjacente, para produzir agregados inflamatórios no espaço aéreo ao redor do brônquio ou bronquíolo. Com frequencia essa expansão ocorre pelos canais de Lambert, em seguida atinge os alvéolos envolvendo os poros de Kohn.
           Os agentes mais comuns a causarem a broncopneumonia são o Staphylococcus aureus e os microorganismos gram- negativos.   
         É uma inflamação dos brônquios, bronquíolos e alvéolos vizinhos, agrupados em focos, aproximadamente do tamanho de bolinhas de ping-pong, disseminados pelos glóbulos dos dois pulmões.
           É originada de complicações de processos infecciosos gerais ou, também, de um processo laringo-traqueobronquite agudo ou crônico.Pode também ser consequência de uma Broncoaspiração.A broncopneumonia é acompanhada de suor, febre, arrepio, dispnéia, tosse e taquicardia, entre outros. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário